Blog

Cresce participação feminina no empreendedorismo de comércio digital

março de 2018

Pesquisa aponta que independência financeira e proximidade com os filhos são principais fatores para abertura de uma loja virtual.

No Brasil, 30% das lojas virtuais inauguradas em 2017 foram criadas por mulheres. Além disso, mais da metade das empreendedoras digitais investiu no comércio eletrônico para complementar a renda e ficar mais perto dos filhos. É o que aponta levantamento realizado pela Loja Integrada, plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do país com mais de 500 mil lojas criadas.

O levantamento ainda aponta que o segmento que as mulheres mais investiram no comércio eletrônico foi o de Moda e Acessórios (33,5%), seguido de Cosméticos, Perfumaria e Cuidados Pessoais (13,2%). Segundo a pesquisa, as empreendedoras escolheram o nicho que sempre sonharam em empreender ou que se identificam mais.

Segundo Breno Nogueira, especialista em comércio eletrônico e CEO da Loja Integrada, é possível perceber que, cada vez mais, as mulheres estão descobrindo suas capacidades de empreender e investindo no e-commerce para abertura do próprio negócio. “Elas buscam, na maioria das vezes, independência financeira, qualidade de vida, mais tempo com os filhos e flexibilidade na rotina. Além disso, o crescimento da participação feminina no comércio eletrônico só aumenta e temos grandes nomes que servem de inspiração, como a Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, e a empreendedora Tania Gomes, da loja virtual 33/34”, finaliza o profissional.

Fonte: adnews.com.br

COMPARTILHE

Categorias
Postagens recentes
maio 14, 2018

Instagram atinge marca de 1 milhão de anunciantes ativos

O Instagram celebra a marca de 1 milhão de anunciantes…

maio 14, 2018

Pesquisa: 92% das empresas brasileiras disponibilizam atendimento via redes sociais

Pesquisa realizada com 628 das mil maiores empresas…

maio 14, 2018

Conheça 5 novidades no Instagram que prometem mudar o modo que usamos o app

Preocupado em se atualizar e aumentar ainda mais a…